Centro Espacial PLUG

Para os entusiastas da exploração espacial do futuro!
Bloqueado
Avatar do Utilizador
CyberX
Sócio
Sócio
Mensagens: 3742
Registado: 10 mar 2014, 20:09
Localização: Mira Sintra
Contacto:

Centro Espacial PLUG

Mensagem por CyberX » 26 mai 2017, 15:20

Antes de mais, se for para mudar o nome digam.

Serve este tópico para reduzir a poluição no primeiro tópico Desafio Space Center.
Aqui podemos à mesma falar bastante mas se possível cingindo-nos aos pormenores concretos da implementação.
Se necessário abrem-se mais tópicos, é provável que o venhamos mesmo a fazer se criarmos "ministérios"

Daqui a pouco já incluo os nomes dos potenciais participantes, por enquanto vou sintetizar umas ideias:

1. O facto de ser eu a abrir este tópico não significa que seja eu o cabecilha do projecto. Serei pelo menos o Relações Públicas e Porta-voz já que lancei o desafio e tenho falado pelos cotovelos mas não vejam isto como um golpe de estado, gostava de ver isto bastante democrático e se possível não associado a ninguém em particular, verdadeiramente associativo.

2. Da votação em curso no primeiro tópico salta à vista que a grande maioria é pelo megalómano. Vamos tentar então uma mesa representativa de um Centro Espacial moderno, com 3 áreas principais:
- Área de Visitantes
- Área de Lançamento
- Área de Aterragem

Isso não significa que não possam ocorrer outras áreas e além disso há que dar uma consistência ao espaço onde estas 3 áreas se apoia:
- não sendo no Cazaquistão é natural que haja mar e portanto linha de costa com eventual praia, vegetação costeira essencialmente rasteira ou agrícola mas não exuberante
- terá de haver alguma forma simples de ligação entre as áreas (estrada, carreiro, carril) e uma forma de chegada ao Centro (se possível um hub rodoviário e ferroviário)

3. isto vai ser grande. E caro. E complexo. E bué da fixe!!! Estamos nisto para nos divertirmos, não para nos chatearmos.

4. Vamos tentar ser práticos: onde der para grandes MOCs e pormenores e técnicas SNOT elaboradas força mas se der para aproveitar sets já existentes força também. Encontrei alguns na net que nem sabia existirem e são muito interessantes, quanto mais não seja para tirar ideias.

4b. O prático não obriga a MILS. Mas o Modular e o metódico ajuda o prático. Havemos de discutir isto ainda muitas vezes: onde, quando e como aplicar módulos.

5. Todos os contributos são bem-vindos. Quem só puder ajudar com um astronauta ajuda só com um astronauta, não tem de vender a casa para entrar no projecto. E as ideias não custam dinheiro ainda.

6. É importante e altamente incentivada a imaginação. Desafios são muito bem vindos - fiz a cena do fósforo meio para picar o Garcia meio para demonstrar que com algum engenho nada é impossível. Gostava de ver uma mesa que enchesse a vista aos visitantes, com pormenores estáticos interessantes mas também com aquilo que todos reconhecemos que funciona bem nas nossas BRInCKas: movimento, luz, cor, som, fumo, água...

Estamos em 2017, já nada surpreende ninguém. Mas os miúdos arregalam os olhos quando chegam a uma BRInCKa e vêm fumo, água, comboios, robots, GBC... e alguns desses miúdos (e graúdos tb) têm a coragem de perguntar "como?" e eu gosto de pensar que das respostas a alguns deles poderá vir um cientista ou um engenheiro ou um arquitecto ou um professor... quem sabe um astronauta? Sem demérito para as outras profissões e vocações, não quero parecer elitista ou snob.

Algumas das ideias certamente vamos ter que deixar de lado por opção ou por limitação (inclusive de engenho) mas ao colocá-las quem sabe não lançamos a oportunidade para outras

-- edições posteriores ---

Vão haver ministros e secretários de estado. Começo a aproveitar os voluntários enquanto estão cheios de adrenalina.
Poderá ocorrer acumulação de cargos, isto é um Governo Sombra completamente corrupto.

Ministério do Turismo, responsável pela Área de Visitantes: por nomear
- secretário de estado da restauração e lazer: p.n.
- secretário de estado dos transportes: p.n.
- secretário de estado ainda sem pasta: [member=20]Ricardo S[/member]

Ministário da Indústria, responsável pela Área de Lançamentos: p.n.
- secretário de estado da plataforma de lançamento: [member=21]gads[/member] AKA Guilherme Santos
- secretário de estado da energia: p.n.

Ministério da Aeronáutica, responsável pela Área de Aterragens: p.n.
(correspondente ao "Shuttle Landing Facility"
- secretário de estado ainda sem pasta: [member=956]AGarcia[/member] AKA António Garcia
- secretário de estado ainda sem pasta: [member=945]Antonio Carvalho[/member]

Não estão nem metade não consigo ler tantos posts, nunca mais se calam 3:-)
Última edição por CyberX em 03 jun 2017, 15:54, editado 1 vez no total.
«De génio, criança e louco... porquê só 1 pouco?»
Jorge Pereira - sócio 159
http://ofalcao.pt/
https://www.youtube.com/JorgePereira
http://www.brickshelf.com/cgi-bin/galle ... rgepereira

Avatar do Utilizador
CyberX
Sócio
Sócio
Mensagens: 3742
Registado: 10 mar 2014, 20:09
Localização: Mira Sintra
Contacto:

Re: Centro Espacial PLUG

Mensagem por CyberX » 27 mai 2017, 09:56

Revisto para mesa rectangular mais compatível com eventos (Anexo):

1 = Área de Lançamento (Launch Pad)
2 = Área de Assemblagem (VAB)
3 = Área de Aterragem
4 = Área de Visitantes
5 = Zona de Observação
A = Ferrovia
B = Caminho dos crawlers

Se a Área de Lançamento for constituída por 10x10 baseplates de acordo com os cálculos aqui  então a mesa terá 6 vezes esse tamanho => 15.36 m x 2.56 m

Desta maneira o centro da Area de Lançamento está a  1.28 m das 3 laterais da mesa, os mais altos devem conseguir chegar lá com alguma facilidade.

A Área de Assemblagem teria umas 6x6 baseplates
O Caminho dos crawlers teria umas 8 baseplates de comprimento.
A Área de Aterragem umas 12 baseplates de comprimento

Quando refiro baseplates estou a falar de unidades de medida... não sei se é viável um Launch Pad formado por 100 baseplates efectivas, se 6 pessoas entrassem dava em média 16 a cada um, se fossem «só» baseplates ainda vá mas o que vai em cima da maior parte delas é considerável.
Última edição por CyberX em 03 jun 2017, 15:54, editado 1 vez no total.
«De génio, criança e louco... porquê só 1 pouco?»
Jorge Pereira - sócio 159
http://ofalcao.pt/
https://www.youtube.com/JorgePereira
http://www.brickshelf.com/cgi-bin/galle ... rgepereira

Bloqueado